0800-878-7896   /   (11) 2908-0211
contato@nullipforce.com.br

Aprenda agora as principais diferenças entre PABX analógico e virtual

Aprenda agora as principais diferenças entre PABX analógico e virtual

A comunicabilidade é muito importante nas empresas, e o PABX (Private Automatic Branch Exchange, ou Troca Automática de Ramais Privados) pode fazer toda a diferença no seu negócio!

Esse sistema é uma central telefônica utilizada no mundo corporativo com intuito de facilitar a comunicação interna e externa, por meio de ramais e pelo uso de linhas telefônicas, respectivamente. Aqui falaremos das diferenças entre PABX analógico e virtual — os modelos mais conhecidos!

Com o PABX, cada colaborador pode ter seu próprio ramal. Para a comunicação externa, é necessário contratar linhas de operadoras telefônicas, possibilitando o atendimento de vários clientes ao mesmo tempo e, ainda, a transferência das ligações aos ramais existentes.

Esse modelo de central telefônica passou por algumas mudanças ao longo do tempo. Sendo assim, você pode escolher o melhor tipo para o seu negócio, de acordo com as demandas, necessidades e número de operadores.

Nesse post, você vai conhecer mais sobre esses modelos, desse modo, poderá escolher o ideal para sua empresa! Leia e confira!
 

Saiba como funciona o PABX analógico e o virtual!

O PABX analógico é o modelo mais antigo e foi criado para ser usado com as linhas telefônicas tradicionais. É utilizado pelas grandes organizações e tem um alto custo de manutenção, porque precisa haver um servidor físico instalado na empresa, necessitando a ida do suporte técnico sempre que surgir algum contratempo ou requerer atualizações.

Esse modelo conta com os recursos mais básicos, como identificador e transferência de chamadas, gerenciamento de ligações internas e externas, chamada em espera, ramal, apesar de possuir algumas diferenças em relação ao do PABX virtual, entre outros. O PABX analógico é ideal para empresas que não precisam de recursos adicionais.

Já o PABX virtual é um serviço de telefonia em nuvem, ou seja, não necessita de um equipamento físico, e sim de um software. Sendo assim, é um modelo com menor custo, pois dispensa a manutenção constante, sem contar que pode ser atualizado facilmente e instalado em diversos dispositivos, desde que tenham acesso à internet.

Com esse sistema, você pode ter acesso a diversos benefícios, como monitoramento, fila de atendimento, gravador de chamadas e ramal remoto. O PABX virtual também permite que seus colaboradores trabalhem de qualquer lugar.
 

Conheça as diferenças entre PABX analógico e virtual!

Apesar de possuírem a mesma finalidade — a melhoria da comunicação na empresa — , esses modelos têm algumas distinções. Abaixo, listaremos as principais.
 

Linhas

No PABX analógico, é necessário contratar linhas analógicas ou digitais, precisando, também, da conexão física no PABX. Muitas vezes esse processo possui um alto custo, visto que as operadoras telefônicas cobram muito por esses serviços. Com o PABX virtual, já é possível ter linhas virtuais, por meio da união da internet e telefone, reduzindo o valor das ligações e facilitando a expansão do seu negócio.
 

Ramais

No PABX analógico, o ramal necessita de cabeamento e aparelho telefônico para funcionar. No virtual, o ramal é desvinculado de linhas de telefonia, já que funciona por meio de aplicativo, adaptador de telefone analógico e telefone IP, podendo ser usado de qualquer lugar, desde que haja internet.
 

URA e música de espera

A música de espera do PABX analógico pode ficar com a qualidade comprometida, pois deve ser colocada em uma placa diferente da URA (Atendimento automático). No PABX virtual, isso não é uma adversidade, porque há vários níveis de URA e música de espera, podendo usar até mesmo canções diferentes em cada opção de suporte que o cliente queira falar.

Agora que você conhece as diferenças entre PABX analógico e virtual, conheça a IP Force e a qualidade do nosso Pabx Virtual.


19 de Novembro de 2018

Outras notícias

Erros mais comuns na gestão de telefonia e como evitá-los

Muitas empresas estão atualizando seus sistemas de telefonia para aproveitar os benefícios que a comunicação unificada pode oferecer. No entanto, na hora de realizar a gestão desta tecnologia, é natural que algumas acabem cometendo erros e precisem de uma ajudinha para descobrir as melhores formas de administrá-la.

Saiba mais

Como gerenciar a fila de atendimento do seu call center

Um call center serve para solucionar problemas dos clientes e mantê-los satisfeitos com a empresa. O bom atendimento nesta etapa é fundamental para a imagem de qualquer negócio. Por este motivo, é importante gerenciar a fila de atendimento corretamente para promover a melhor experiência possível.

Saiba mais

Confira como o sistema de ramal facilita o atendimento na sua empresa

Empresas de pequeno, médio e grande porte, geralmente lidam com diversas ligações durante o dia, tanto interna, como externamente. A comunicação entre os setores é essencial e útil para as operações da empresa, ao mesmo tempo que sua segmentação também é necessária para o atendimento ao cliente.

Saiba mais

3 razões para gravar as ligações telefônicas na sua empresa

No senso comum, gravar ligações pode ser um sinal de falta de privacidade ou risco para a segurança de dados e informações. Porém, esta lógica não é correta. Fato é que, para empresas, é fundamental ter um sistema de gravações dos contatos telefônicos, por uma série de razões.

Saiba mais

Nosso site utiliza cookies para criar uma melhor experiência de navegação para você. saiba mais

Ok